Buscar no site
Filtrar

Produtos encontrados: 3 Resultado da Pesquisa por: 0 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 3 Resultado da Pesquisa por: 0 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Podemos afirmar que a gravata é o acessório masculino mais elegante que existe, capaz de deixar qualquer look chique e sofisticado.

A gravata já está presente no vestuário masculino desde o início do século XIX. Os primeiros registros da sua existência vêm da antiguidade nas esculturas em relevo da coluna de Trajano, Roma. Na verdade as primeiras gravatas eram como lenços amarrados no pescoço dos homens, serviam para secar suor e limpar a boca.

A moda do uso de gravatas no formato que conhecemos hoje foi lançada na França por volta de 1650, por membros da elite que adotavam no seu modo de vestir inspiração eminentemente militar.

Sua função prática era esconder os botões da camisa ou mesmo servir de torniquetes nas guerras, hoje ela é considerada uma peça chave e sua função maior é conferir personalidade ao look.

Durante a evolução da moda e da sociedade ela vem sofrendo diversas modificações e quase foram banidas do closet masculino, já que atualmente muito do fashion caiu na casualidade. Engana-se quem acredita que o acessório é apenas para festas formais ou trajes de executivos, ela se faz presente em looks com jeans e tênis, por exemplo, adotada e repaginada pelas novas gerações tornou-se uma peça de estilo.

Inclusive as gravatas, como os demais componentes do vestuário masculino, deixaram de ser básicas e iguais e hoje temos modelos compridos, curtos, largos, estreitos, slim e muito mais, tendo padronagem, tecidos e estampas variadas. E também cores inusitadas! Na Pompéia você vai encontrar a opção que mais combina com você.
x